Orla de Atalaia: a paradisíaca e badalada praia da capital Sergipana.

lczc - aracaju_2

Orla de Atalaia

A paradisíaca e badalada praia da capital Sergipana.

 

São cerca de cinco quilômetros de extensão, e aproximadamente trezentos metros de distância do calçadão até as barracas de praia, Atalaia pode ser considerada a mais famosa e badalada orla de Aracaju.

Quadras, parques, lagos, Oceanário do Projeto Tamar, e a Delegacia de Turismo compõem a orla.

A noite fica por conta da badaladíssima Passarela do Caranguejo, com seus bares, restaurantes, a excelente apresentação da culinária local, e a animação da música nordestina.

Sergipe seria Siri-i-pe em Tupi, que significa ‘rio dos siris’, tem como Capital o município de Aracaju (Arara e Caju) – a população é de 632744 habitantes sendo considerada a menos populosa capital nordestina. É reconhecida pelo governo federal como a Capital da qualidade de vida no nordeste, sendo um importante ponto estratégico – urbano/econômico/cultural e político.

O caranguejo é o principal insumo da gastronomia, a tábua de mármore, e os martelinhos de madeira são os talheres mais usados pelos turistas, e pelos sergipanos.

A carne de sol de Sergipe acompanhada sempre da macaxeira (como é conhecida a mandioca, ou o aipim) é tida como uma iguaria que não pode ser passada desapercebida.

Outra iguaria que merece destaque é o Surubim, iguaria que aproxima a gastronomia sergipana da mineira, um peixe de couro, super saboroso, sem espinhos, na gastronomia mineira é consumido na peixada, em Aracaju é assado na brasa, destaque para os estabelecimentos: Armazém Bacco, e o restaurante Miguel.

O Radissson Hotel Aracaju além da excelente localização, três quilômetros do aeroporto, tem cerca de oitenta por cento dos quartos com varanda com vista para a praia da Orla de Atalaia.

O atendimento oferecido por funcionários de excelência, e a ótima estrutura física do hotel  fazem com que o hospede sinta-se em ‘casa’. Os quartos são grandes e confortáveis. O room service, e o café da manhã são serviços prestados com altíssima competência.

O hotel conta com um restaurante 4 estrelas especializado em comida regional e internacional. O happy hour fica por conta do bar do hotel, regado a drinks, que dão um requinte para os dias pousados em Atalaia. Na piscina, águas saborizadas, e sucos, glamourizam o pôr do sol.

Mesmo recentemente revitalizada, a Orla de Atalaia tem a praia com características rústicas o que confere traços paradisíacos para dias de lazer e entretenimento inesquecíveis.


Reforçando a excelente localização do hotel:

O hotel fica a dois quilômetros e meio da Passarela do Caranguejo, a três quilômetros e meio do shopping center,  e a quinhentos metros do Oceanário do Projeto Tamar.

 

Pontos fracos –  a orla oferece uma falha estrutural para bancos, farmácia, padarias e outros serviços; os poucos voos diretos, e as tarifas caras fazem de Aracajú um destino de difícil acessibilidade para os que não são nordestinos.

Pontos fortes – a Orla de Atalaia é de fácil deslocamento, no calçadão o serviço de bike é uma excelente opção de transporte (além de saudável); o preço aplicado para bebidas e alimentos, nos bares e restaurantes são honestos, e mais baixos, em relação a outras capitais.

 

Fontes: IBGE e site oficial da prefeitura de Aracaju.

LUIZ C. Z. CAETANO

Mineiro, de Belo Horizonte, gastrônomo, chef de cozinha internacional, crítico gastronômico, trabalha visando a segurança alimentar e nutricional desde 2006, apreciador de vinhos, um aficcionado por culturas, lugares, pessoas, paraísos e viagens. Dicas, como: destino, hotéis, restaurantes, aeroportos, roteiros, cultura, entretenimento, conforto e qualidade.