Cabedelo: um paraíso no braço de mar

Cabedelo

Um paraíso no ‘braço de mar’. Um ‘abraço de Amor’.

“Viagem à roda do mundo
Numa casquinha de noz:
Estive em Cabedelo.”
/Manuel Bandeira.

 

Cabedelo, de acordo com o dicionário Aurélio, significa um pequeno cabo formado por acúmulo de areia. Nome do município Paraibano da região metropolitana de João Pessoa, lugar que durante um bom tempo foi visto como uma Ilha (principalmente por Holandeses colonizadores da região) por causa dos Rios Mandacaru e Jaguaribe. É, de acordo com dados do IBGE – 2016, a mais urbanizada península brasileira da região nordeste, e como conseqüência a mais rica economicamente. São dezoito quilômetros de extensão e apenas três quilômetros de largura, do paraíso composto por: um mar de água morna, azul e cristalina, que mescla sobreposições de tons azuis ciano e azul turquesa, e toda a água da bacia hidrográfica do Paraíba, a água doce que circunda a península. Era terra dos índios Tapuias, teve o município fundado em 4 de novembro de 1585, e hoje tem a população estimada de 60.226 habitantes (dados do IBGE 2016). Mantém reservas, tanto da Mata Atlântica, quanto marinha; e tem o clima tropical, com o verão quente e seco, e o inverno chuvoso e úmido.

Com cerca de três quilômetros de extensão, Camboinha é o paraíso dentro do paraíso. O luxo. A praia paradisíaca é ideal para quem viaja sozinho, ou com toda à família, de águas mornas, azuis, calmas, com formação de piscinas naturais de acordo com a variação da maré, ideais para a prática de esportes náuticos, e passeios de barco a vela e jet-ski; é super bem estruturada, com barracas grandes, que trazem na simplicidade, que é a assinatura do rústico que tipificam os paraísos do litoral brasileiro, à oferta de um bom serviço, com qualidade de atendimento prestado por profissionais, a excelente gastronomia local, o menu com abundância de frutos do mar, em especial o caranguejo, muita cerveja gelada, cartas de vinhos (poucas possibilidades, merece maior atenção pelos estabelecimentos gastronômicos), e a sempre presente carne de sol, símbolo do nordeste brasileiro.  A minha dica na gastronomia é a Patóla à milanesa como tira-gosto, e o Caranguejo no coco, que é o prato considerado o “carro-chefe” – que traz na sua composição de insumos, produtos que expressam a cultura e a tradição de Cabedelo, outra iguaria é o Cioba, um peixe bastante consumido.

E, é da praia de Camboinha que você sai para um passeio inesquecível, que pode ser feito de lancha ou barco, como os catamarãs, para a Ilha da Areia Vermelha. Um imenso banco de areia de cor avermelhada á aproximadamente mil e quinhentos metros da costa, de águas quentes e cristalinas, formado por piscinas naturais que mais parecem grandes aquários, ricas de fauna e flora marinha, são mais que o convite para a prática do mergulho (em suas variações). E você pode comer na Ilha Vermelha um excelente Caranguejo no Coco, ou uma Patóla, com lindos, e gostosos drinks feitos dentro de abacaxis, e como vista: toda a orla de Cabedelo e João Pessoa, os corais, o azul do mar. E dá tempo de voltar para Camboinha e contemplar o maravilhoso pôr do sol na Praia do Jacaré, que fica bem próximo.

Quem procura Cabedelo quer paz e tranquilidade. A badalação, o burburinho, fica por conta de João Pessoa, especificamente Tambaú, que é onde se encontram os turistas e moradores, em maioria, e os mais atrativos bares, cafés, boates, restaurantes, e outras várias opções de lazer e entretenimento, noturno.

Como os Resorts e as grandes redes hoteleiras estão situados em João Pessoa, o bookin’ de Cabedelo é feito na sua maioria por Pousadas, e a minha dica é, a glamorosa, a requintada, Pousada Vila dos Ventos, com excelentes apartamentos, que subdividem em: suíte Standard, Luxo e Superior, todas com vista para o mar, quartos com sala de estar com TV, frigobar, wifi, closet, alguns com opção de Jacuzzi, e banheiro externo. A pousada possui room service inclusive na praia, o restaurante com um maravilhoso café da manhã. Piscina, solarium. E um excelente quadro de funcionários que desempenham com qualidade profissional para a garantia de dias aprazíveis de bem-estar, descanso, relaxamento, que te farão se sentir em casa como acolhimento, e com competência dos serviços prestados pelos melhores hotéis do mundo. Localizada na Rua Henrique Siqueira, número 242, na Ponta da Campina. Tem translado do Aeroporto. E excelentes pacotes para os finais de semana e feriados. E se o seu sonho é casar na praia, com muito requinte, luxo, e sofisticação, sugiro colocá-la (a pousada) como possibilidade. Em meio a um parque de coqueiros, é a garantia de dias inesquecíveis para você, e a sua família.

Com atrativos turísticos históricos como, a Fortaleza de Santa Catarina, reservas florestais da Mata Atlântica, praias paradisíacas, badalados restaurantes e bares, Cabedelo deve ser destino do seu roteiro de viagens. E depois de inserida a Paraíba ao seu roteiro de viagens, difíceis serão os seus dias longe do que podemos chamar de Caribe brasileiro.

 

Pontos Fortes:

– Cabedelo é o paraíso ideal para quem procura descanso, paz, tranquilidade, em meio à gente bonita, e de bem com a vida.

– Os preços praticados são justos, nada abusivos para todos os serviços, desde alimentação à passeios.

– A água é transparente, e morna. Belezas e paraísos naturais. E muita área de preservação ambiental.

– O povo é receptivo e muito acolhedor.

– Fácil Mobilidade.

– Bem próximo a João Pessoa (urbanamente juntos).

 

Pontos Fracos:

– Para quem procura agitação e vida noturna o ideal é ir para João Pessoa.

– Os bancos na maioria encontram em João Pessoa.

– As passagens aéreas ainda não são tão baratas (ou em conta) para quem mora na região centro sul do Brasil.

– Um problema decorrente nas praias do nordeste é em relação à limpeza. Muito pelos frequentadores que não entendem que devem ser colaborativos para a manutenção do lugar limpo.

 

Fontes:
Dicionário Aurélio (Língua Portuguesa 2016 – 2017).
Site do IBGE.
Site da Prefeitura de Cabedelo.
Site Prefeitura de João Pessoa.
Site do Estado da Paraíba.

 

Informações:
Pousada Vila dos Ventos.
Telefone: (83) 3250-1532 / (83) 987180059 (zap).
www.pousadaviladosventos.com

 

.

LUIZ C. Z. CAETANO

Mineiro, de Belo Horizonte, gastrônomo, chef de cozinha internacional, crítico gastronômico, trabalha visando a segurança alimentar e nutricional desde 2006, apreciador de vinhos, um aficcionado por culturas, lugares, pessoas, paraísos e viagens. Dicas, como: destino, hotéis, restaurantes, aeroportos, roteiros, cultura, entretenimento, conforto e qualidade.