A terra dos homens livres: Bancoque, Tailândia.

lucazoca-bkok_2

A terra dos homens livres:
Bancoque, Tailândia.

Krung Thep Maha Nakhon é uma das cidades mais fascinantes do mundo, a mistura do tradicional com o cosmopolita te deixa boque-aberto, é um dos melhores destinos para quem quer conhecer o centro sul asiático.

Bancoque no português (brasileiro), e Bangkok no inglês, é a capital da Tailândia, quente, com temperaturas entre 20 e 35 graus, está situada á margem do rio Chao Phraya, e destaca-se pelo o seu patrimônio cultural e humano.

No delta do rio Chao, e não a beira mar. Entre canais, e ‘áreas pantanosas ou mangues’, tem uma culinária local diferenciada, rica em pratos com frutos do mar, outra proteína comumente consumida é a carne de porco, quando não juntos no mesmo prato. Você achou exótico? Guarde a palavra para classificar os espetinhos de grilo, escorpião e vermes. O Noodle é a massa thai, as frutas tropicais, como: o coco, a manga. Ervas, plantas aromáticas e refrescantes, o uso de legumes variados, e a famosa pimenta levada pelos Portugueses, caracterizam a culinária local. E o Chatuchak é ‘o mercado central – mercadão’ onde você encontra de tudo; de alimentos (culinária local), roupas, eletrônicos, até animais ‘exóticos’ ou não, à venda.

As comidas de rua, muito na moda na Tailândia, podem ser sedutoras. Caso seja seduzido pelas iguarias chamadas de “street food” saiba que, são: apimentadas, e muitas levam frutas, são super temperadas, aromatizadas, tem variados legumes, molhos, são coloridas e é uma experiência de explosão de (e descoberta de) sabores… mas o cuidado, e a atenção (segurança alimentar), devem ser primordiais para evitar problemas como intoxicação e outras situações que possam acabar com a viagem. A Khao San Road ‘ferve’ na noite, comidinhas de rua, boates, lojas de tatuagem, casas de massagem Thai, restaurantes, pessoas passeando pela rua; é a badalação no local em que foi gravados os filmes; ‘A Praia’, e ‘Se beber não case’.

Já para quem gosta de teatro musical, o Sian Miranit é o maior espetáculo do planeta terra, e uma noite inesquecível para a viagem, dividido em 3 atos, e traz a tradição, a magia lúdica e colorida da Tailândia.

A cidade é muito colorida, e no Plak Klong Talad você pode comprar diversas flores, sempre presentes (em vários aspectos) da decoração às roupas, são consideradas especiais. Ainda sobre as cores, Pahurat é um pedacinho da Índia dentro de Bangkok, com suas cores, a culinária, e seus costumes. Já, na Yaowarat Road, você se sentirá em Chinatown.

Passear no Floating Market é fantástico, você aluga um barco e navega por entre as lojas do mercado flutuante, e pode experimentar iguarias da Gastronomia Thai. O rio Chao vai de um extremo a outro da cidade, e é totalmente navegável. Os passeios pelo rio são uma das marcas turísticas de Bangkok, e a maneira para chegar no Wat Arun (considerado por muitos moradores o templo mais bonito e o mais importante da cidade, por ser dedicado ao deus Aruana) – os hindus acreditam que o nascer do Sol tem poderes espirituais. O Wat Phra Kaew, e o Wat Pho, são outros dois templos que devem fazer parte da sua lista de visitas. Lembro que o respeito a fé (alheia), e a civilidade, são primordiais. Agir conforme as placas indicativas para a permanecia em cada local, e como sempre: entrar descalço, nunca fotografar, e ou, o uso de outros eletrônicos quando explicito a proibição nas placas, devem ser respeitadas, leis com punições severas são adotadas na Tailândia, e evitar problemas com a polícia para estrangeiros é a constante.

Outra curiosidade, toda a cidade é decorada com fotos e bandeiras do Rei (dourada) e da Rainha (azul), principalmente os espaços públicos. As segundas feiras são consideradas o dia do Rei, e as pessoas vestem de amarelo ou dourado, e duas vezes no dia a cidade para, para ouvir a música do Rei. Caso você esteja em algum lugar público na hora da música, você deve seguir o rito, e ficar parado para evitar problemas, como; jamais fale mal da família real, a punição é a morte como sentença, sendo o rei, o único capaz de conceder o perdão. Mesmo não sendo mais uma Monarquia e ter como regime de governo o Parlamentarismo, a família Real é de agrado, e tem o respeito dos tailandeses.

Você sabia que as orelhas longas das imagens dos Budas representam longevidade?!
Outra curiosidade é o respeito e o tratamento dado aos elefantes, que podem ser alimentados, ou até virar passeio, em fazendas para o animal.

O luxuosíssimo Hotel Mandarin Oriental (situado na 48 Oriental Avenue Bangkok, número 10500), é o refúgio de paz ao longo do rio. O cinco estrelas é verdadeiramente extraordinário. É arrojado, atemporal e contemporâneo, arquitetura que mistura o clássico e moderno, junto da combinação única de luxo e conforto, faz do hotel o endereço mais exclusivo da cidade. O quadro de funcionários composto por profissionais de excelência, é a garantia, e a confiabilidade, da assinatura da rede Mandarin Oriental Hotel pelo o mundo. Suites e quartos refinados e elegantes. Spa completo. E o melhor restaurante de comida Tailândesa de Bangkok.

O Aeroporto Internacional de Bangkok-Suvarnabhumi é o maior aeroporto da região e o vigésimo mais movimentado do mundo em voos internacionais e nacionais. Lembre do transfer do aeroporto para o hotel. Para locomover pela cidade use o metro, e seus trens suspensos, as estações são perfeitamente sinalizadas, os vagões limpos e a cidade é de fácil mobilidade. Uma dica, como não há voos diretos do Brasil para a Tailândia, a forma para viajar para Bangkok é fazer uma conexão no Oriente Médio através das companhias Etihad Airways, Emirates ou Qatar Airways. Ou conexões pelas companhias aéreas da Europa, África ou América do Norte.

 

Pontos Fortes:

– Todos os serviços prestados pela cidade funcionam de forma excelente. Inclusive o de mobilidade.

– O custo da viagem com alimentação, passeios, e compras é ‘barato’ devido a relação do valor da nossa moeda sobre a moeda deles.

– Não é necessário falar tailandês para comunicar. Além da alfabetização no inglês, a cidade é totalmente sinalizada em inglês.

 

Pontos Fracos:

– Crimes (para nós) como falsificação de documentos, e estelionato, são cometidos pelas ruas e praças normalmente.

– Clima tropical – seco com chuvas de monção – evitar a época das chuvas.

– Trânsito caótico.

 

Tailândia significa ‘a terra dos homens livres’, e como não amar o país, que vê na força da nação e da monarquia, a espiritualidade do povo, e o respeito a riqueza da fauna e da flora pela arquitetura típica da região, como a solução para o bem estar e harmonia local. Faça da Tailândia o seu destino de viagem, mas vá além das praias, coloque Bangkok como uma cidade a ser conhecida. E desbrave a cultura exótica que carrega no sorriso solar o Amor pela vida.

 

 

Fontes:
O site do hotel: http://www.mandarinoriental.com/bangkok
Fotos: créditos do amigo e colaborador com o artigo; Soothawee.

 

LUIZ C. Z. CAETANO

Mineiro, de Belo Horizonte, gastrônomo, chef de cozinha internacional, crítico gastronômico, trabalha visando a segurança alimentar e nutricional desde 2006, apreciador de vinhos, um aficcionado por culturas, lugares, pessoas, paraísos e viagens. Dicas, como: destino, hotéis, restaurantes, aeroportos, roteiros, cultura, entretenimento, conforto e qualidade.