Papel da alimentação na saúde estética e no emagrecimento

nutri_adri - estetica 01_2

Papel da alimentação na saúde estética e no emagrecimento

A preocupação com a estética e a boa forma é muito comum entre as mulheres, seja em relação à gordura localizada, flacidez, celulite, envelhecimento da pele, etc. Os cuidados com a alimentação vão muito mais além que tratar e/ou prevenir desordens estéticas; promovem a saúde e a qualidade de vida, e àqueles benefícios acabam sendo apenas uma consequência, pois, a pele é o reflexo da alimentação. E para que isso aconteça é preciso fazer mudanças, tanto nos hábitos alimentares como em alguns hábitos de vida.

Certos hábitos já são conhecidos por serem prejudiciais a saúde em geral e aumentar os riscos de doenças, como o cigarro e bebidas alcoólicas. Estes, quando aliados a outros hábitos como noites de sono mal dormidas, estresse, sedentarismo, alto consumo de alimentos ricos em gordura saturada, açúcar e sódio, também contribuem para o envelhecimento da pele, aumento de peso e/ou acúmulo de gordura, aparecimento e/ou agravamento de desordens estéticas como celulite, flacidez, acne. A partir do momento em que o indivíduo começa a mudar esses hábitos e adquirir novos hábitos saudáveis, ele já percebe uma melhora na disposição, concentração, rendimento no trabalho, qualidade do sono, enfim, melhora na qualidade de vida. Conforme o indivíduo vai se sentindo bem, melhor e mais disposto, ele se sente mais motivado a continuar com as mudanças.

Mas e como a alimentação pode contribuir para a saúde estética e o emagrecimento?

Os alimentos aliados à estética podem ser separados em grupos: anti-inflamatórios, termogênicos, desintoxicantes, antioxidantes, aliados do intestino.

Os anti-inflamatórios são mais voltados à celulite, já que esta é uma inflamação. Os alimentos desse grupo melhoram a circulação e auxiliam no combate a inflamações. Dentre alguns exemplos, podemos citar o abacate, azeite de oliva extravirgem, peixes, semente de chia, semente de linhaça, chá verde, gengibre.

Os termogênicos e os desintoxicantes auxiliam no emagrecimento. Os primeiros, porque aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo; já os desintoxicantes, ajudam o organismo na eliminação de toxinas, combatem a retenção de líquidos e melhoram o metabolismo. Dentre os termogênicos estão o gengibre, chá verde, pimenta vermelha, vinagre de maçã, canela. Dentre os desintoxicantes, abacaxi, melancia, melão, maçã, limão, gengibre, chá verde, couve, salsão, hortelã, berinjela, suco verde, água.

Os antioxidantes têm papel fundamental na saúde da pele, pois neutralizam a ação dos radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento precoce. Dentre eles, podemos citar as frutas vermelhas (morango, cereja, amora), tomate, pimentão, cenoura, abóbora, chá verde, frutas cítricas (limão, abacaxi, morango, laranja, kiwi), estas são ricas em vitamina C, um importante cofator na síntese de colágeno.

Os aliados do intestino regulam e contribuem para o seu bom funcionamento. Muitas vezes o indivíduo sofre com o intestino preguiçoso, mas a preocupação maior está em perder peso quando, na verdade, deveria ser o contrário. Devemos cuidar, primeiramente, da saúde intestinal. Dentre os alimentos aliados do intestino, podemos citar a ameixa preta, laranja, mamão, aveia, iogurte, semente de chia e semente de linhaça, água.

 

Adriana Mikami
Nutricionista e Coach de Emagrecimento
adrianajmikami@gmail.com
Nutrição É Outra Coisa!

 

ADRIANA MIKAMI

Nutricionista e Coach de Emagrecimento, atua em Nutrição Clínica, Estética e Esportiva. Trabalha com grupos de emagrecimento e qualidade de vida. Experiência em Terapia de Nutrição Enteral e alimentação do idoso.