Ganhar dinheiro sem perder a Alma

man into a bill boat on a puddle

Ganhar dinheiro sem perder a Alma

É uma quase verdade que a felicidade anda de mãos dadas com a riqueza. Para a maioria das pessoas, especialmente as não ricas (ainda) isso é uma verdade. Porém, na verdade, trata-se de uma crença. Existem dois fatos: a) dinheiro não traz felicidade e b) falta de dinheiro traz infelicidade.

Nunca conheci alguém que tenha acumulado uma bela fortuna sem perder a alma, traduzo: tornar-se uma pessoa pior. Ao contrario, as pessoas mais lindas e completas que conheci foram as pessoas que poderíamos chamar de humildes.

As pessoas que dedicaram sua vida para criarem riqueza, acumularem bens tornam-se vítimas de um paradoxo: por acumularem e por ter sido difícil isso, tem mais dificuldade em abrir mão.

É muito comum entre pessoas ricas encontrar muitas rabugentas, desconfiadas, egoístas, com tendência para a depressão, aditas a drogas licitas e ilícitas, com sérias dificuldades de relacionamento. Nunca estão satisfeitas com o que possuem. Competitivas ao extremo, sacrificam quem estiver no caminho para conseguirem seus objetivos, mesmo que o sacrifício inclua a família e amigos.

Então, é possível enriquecer sem perder a alma? Vejamos alguns dados. Todos conhecemos gente muito rica que doou parte ou toda sua fortuna para fins de promoção social. Quem visitar os maiores centros de pesquisa, hospitais, museus norte americanos encontrará inúmeras placas de agradecimento e homenagem aos seus colaboradores voluntários. Há pouco soube-se de um movimento liderado pelo Bill Gates (Microsoft) e Warren Buffet para agregarem bilionários que queiram doar mais de 90% de suas fortunas às causas sociais em vida.

Não é só doando recursos que se promove a alma. Sendo gente, se comportando dignamente, sendo honesto, leal, ético, ecológico, amoroso, sensível e humano também.

Alguém pode dizer que mesmo doando 90% os 10% que sobram dá e sobra. Não importa. O que importa é que estas pessoas estão genuinamente preocupadas em serem melhores pessoas, alem de acumularem riqueza. Isso só já é de grande valor. Eles querem ser ricos só que com alma! Isso demonstra que é possível. Basta que se aprenda que quando se ganha algo é como se o Universo estivesse nos emprestando aquilo. Cabe a nós o seu bom uso. Se formos felizes no seu destino, podemos ter mais sem perder nossa alma. Caso contrário, ficamos ricos e só isso. Ai vale a frase:

“Ele era tão pobre que a única coisa que possuía era o dinheiro”.

 

Dr. Nelson Spritzer
Neurolinguística / Master coach
CRM 9545

www.dolphin.com.br

 

……………………………………………………………………….
www.classiclife.com.br – Novembro/ 2016
Crédito imagem: “Freepik.com/ kues.”

DR. NELSON SPRITZER

É Mestre em Cardiologia (UFRGS); Doutor em Nefrologia (Escola Paulista de Medicina); Master Trainer em Programação Neurolinguística; Diretor-Presidente do Grupo Dolphin TECH e do Centro Sulbrasileiro de Programação Neurolingüística (PNL). Livros publicados: “Pensamento e Mudança – Desmistificando a Programação Neurolingüística”; “O Novo Cérebro”, “Como Obter Resultados Inteligentes”; “Ler Pessoas” e “Mapa da Mina”.